AGRADE CAMÍZ

Propriedade pessoal, I, II, III. 2020

Quando eu crescer, sonhos e realidades. 2020

Teu nome tá no Judas. 2020

SOBRE A AGRADE

Agrade cresceu na Zona Norte do Rio de Janeiro e explora a estética do subúrbio em seus trabalhos. As grades, tão comuns nas portas das casas e portões de vilas e condomínios dessa parte da cidade, criam uma separação entre as narrativas de dentro e as de fora. De certa maneira, Agrade traz uma atualização contemporânea das discussões de gênero na arte sobre as configurações do espaço feminino, como sendo o espaço de dentro, do íntimo, do privado. A artista, além de produzir obras de menor dimensão, que podem ser exibidas em galerias e museus, também possui um trabalho expressivo como grafiteira e muralista em diversos pontos da cidade.