DAVI BENAION

Cumaps

Davi Benaion, 2019— [Colaboração: Vitor Medeiros]

SOBRE DAVI

O corpo e a rua, o privado e o público. Davi esgarça dualidades, trabalha na rua expondo o íntimo de seu corpo, seduzindo o espectador que passa distraído por uma viela ou pelas avenidas do Rio de Janeiro. De forma sedutora, problematiza o gênero e mostra seu corpo quase nú em paisagens cariocas. Mas elu não se limita a estar no espaço apenas no ato da performance, elu se insere, através de lambe-lambes, na cidade, criando trajetos que interligam as imagens. “Cumaps” permeia os bairros da zona sul e do centro, cria caminhos de ida e de volta, onde percebemos a interação dos passantes e do tempo nas rasuras e desgastes dos lambes traduzidos na imagem corporal de Davi.